Advogada dá dicas para consumidores negociarem suas dívidas e sair do vermelho em 2021



Um assunto que ainda gera bastante polêmica entre os consumidores é a restrição do crédito. Entra ano, acaba ano e nos deparamos sempre com dívidas, juros abusivos, inadimplência e a tão temida restrição do crédito. Afinal de contas, como sair desse carrossel?! Infelizmente, há uma forte tendência do calote aumentar neste início de ano, apesar de ter ocorrido uma queda nos últimos meses (de acordo com uma publicação da Revista Isto É: Istoé.com.br/tag/inadimplência/ ).

O problema é que com o fim do auxílio emergencial e a crise de diversos setores, causada pela pandemia, uma grande parcela da população teve um sensível impacto sobre sua renda. Em um cenário tão desfavorável, os credores mais temíveis são os Bancos, que pressionam o consumidor e os leva a fazer renegociações mirabolantes. Tais ações, na verdade, acabam apenas postergando a velha inadimplência, embutindo juros sobre juros e aumentando a dívida do consumidor. Como fazer para sair dessa "areia movediça"?

Eu conversei com a Advogada Renata Bucci, especialista em Direito Civil e Processo Civil. Ela explica quais são os caminhos legais e mais seguros para o consumidor inadimplente colocar sua vida em dia.

Se você ainda não se inscreveu no meu canal, clique nesse link: Algo Mais com Deyse Melo e se inscreva para acompanhar meu conteúdo inédito. Bjos